• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







domingo, 27 de março de 2016

Visita do dia 27.03.2016





De nariz vermelho; 
De jaleco branquinho; 
De sorriso leve; 
Somos os ANDARILHOS! 

Neste domingo, o coelhinho da páscoa trouxe para o IC-DF as maiores comedoras e os maiores comedores de ovos de chocolate ao leite/branco/amargo/de castanhas/de pimenta/de wasabi/de bacon das galáxias: as doutoras Sorriso, Fofuxa, Mindinha, Batatinha e Rapunzel (euzinha), e os doutores Berinjela e Juquinha. 

No caça-tesouros de hoje, encontramos 10 produtores de cacau na UTI Pediátrica; 09 derretedores de barras de chocolate na UTI Coronariana; 08 embrulhadores de ovos na UTI Cirúrgica; e 50 degustadores profissionais de guloseimas na enfermaria. 

Começamos nossa aventura com a linda oração feita pela doutora pequeno tubérculo (aka Batatinha) e seguimos viagem. 

No meio de nossas andanças, demos de cara com o Arthur Samuel e seus pais dois-em-um/par de vasos/dupla sertaneja. Estavam OS DOIS vestidos de vermelho rosado (ou seria rosa avermelhado?) cantando juntos uma bela canção para o filhote quando as doutoras interromperam o ensaio. Mas olha… eles negaram TODAS as alegações de que teria um show exclusivo da dupla pelos corredores do hospital. A Doutora Rapunzel até tentou forçar a amizade e fazer da dupla um trio, mas, tadinha, as cadeiras - INJUSTAMENTE - não viraram para seu subestimado talento. Reprovada no TheVoiceIC-DF!

Em seguida, encontramos seu Pedro, paraibano bravo. Ele nos contou que as paraibanAs são mais bravas ainda do que os homens da terrinha, por isso que ele resolveu se casar logo com uma maranhense. Dois bravos vivendo juntos não dá certo, né?! Seu Pedro nos disse que a esposa é calmiiiiinha, quietiiiinha, dá nem tempo de brigar. O motivo? Ela vive sempre com a boca cheia de arroz (?????)! Vai entender! Essa maranhense parece que gosta mesmo de um pratão farto de arroz, viu! 

Visitamos também a dona Rosemaria (Rose para os mais íntimos). Ela e colega de quarto, Maria, contaram que não entendem essa moda das siliconadas. Para elas, o ideal é ditar novas tendências e deixar os seios no estilo “mamão de corda”. Quem sabe essa moda pega!! 

Logo mais, conversamos com o Thiago, que não se controlou quando viu o nariz vermelho da Dra. Batatinha. Ele disse que queria pegá-lo para fazer um campeonato de ping-pong com os doutores. Dr. Berinjela - que não é bobo - aproveitou o ensejo e deu uma raquetada imaginária na doutora. Mas não se preocupem, leitores, ela soube se virar, pois é uma grande profissional do renomado esporte olímpico: ping-pong de mentirinha. 

Batemos um papo com a dona Maria José (Zezé para a família), que nos contou alegremente da alta que ela iria receber em breve (alta no sentido de “ir embora” mesmo e não de uma visita da doutora Sorriso). Ela falou toda empolgada que ia se jogar no forró. A nora, muita esperta, já foi logo avisando que foi justamente por isso que ela pediu para colocarem um marca-passo na sogra: para ela ficar sabendo dos passos de Zezé o tempo todo. Pra quê?!!!! Dona Maria José disse que nem que tenha que causar interferência no GPS, ela não deixa de ir pro forrozão. Tá certíssima, dona Zezé, aproveita! =D

Amigos, desejamos a todos uma semana de doces sonhos!! 
Então…. Não se esqueçam de guardar os ovos de páscoa embaixo do travesseiro, hein. ;-)
Nos vemos domingo que vem, coelhada. 

Até mais. Dra. Rapunzel.