• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

VISITA DO DIA 25.12.2016


Então, é natal! E o que você fez? Brincadeiras no IC-DF mais uma vez. De cara limpa, mas de coração pintado de amor, as doutoras Sensação, Groselha, Xamixuga, Bebela e Rapunzel (euzinha) e os doutores Berinjela, Vagalume, Rapadura e (segure o) Tchan tomaram o trenó do Papis Noel e entregaram vários presentinhos aos nosso queridos (im)pacientes. Entre os mimos, foram distribuídas bonecas, ursinhos de pelúcia, origamis de papai noel, pirulitos, chocolates e garrafinhas d’água personalizadas no mais puro estilo natalício. 

Na visita de hoje, encontramos 09 ajudantes do Papai Noel na UTI Pediátrica; 10 cantores de coral na UTI Coronariana; 06 montadores de árvore de natal na UTI Cirúrgica; e 49 mecânicos de trenó na Enfermaria. 

Voltamos todos a ser crianças! Bem… menos o Doutor Vagalume que, por ter uma idade tão, tão, mas tão avançada, não consegue entender os memes que a juventude utiliza, tadinho! Mas vamos dar um desconto para ele, né! Ele está no grupo desde antes de Noel se tornar Papai. 

Ah! Antes que eu me esqueça… Um salve para nossas amigas Doutoras Copeiras, que passam o ano inteiro no espirito natalino com seus figurinos vermelho e branco e hoje estavam ainda mais a caráter. Elas se camuflaram bem entre a gente, viu! As vezes, não sabíamos bem quem era copeira, quem era andarilho do riso… hihihi 


Mais do que risadas gostosas, nos envolve um imenso sentimento de gratidão. Gratidão por estarmos aqui neste mundão lindo, por fazermos parte deste grupo querido e, principalmente, pela oportunidade de trabalhar em prol do próximo, em prol de construir uma realidade um cadinzin melhor. Quem divide a própria felicidade proporciona alegria a alguém! Por isso, agradecemos aos nossos amigos pacientes e funcionários do IC-DF por dividirem sua felicidade conosco. Vocês nos fazem, semanalmente, mais e mais alegres. Muito obrigada! 

FELIZ NATAL A TODAS E TODOS! 
QUE 2017 SEJA UM ANO DE MUITO MAIS AMOR, ALEGRIAS E PALHAÇADAS! 
Beijos do reino não tão distante. 
Dra. Rapunzel.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Visita do dia 18/12/2016

Então vamos lá, mais um relatório do nosso maravilhoso trabalho...

Neste domingo começamos com uma oração do Vagalume e logo depois partimos, os andarilhos, Dr Tchan, Dra Sorriso, Dr Pisca-Pisca, Dra Mindinha, Dr Juquinha, Dra Maravilha, Dra Xamixuga, Dra Narizinho e Dr Vagalume...

Montamos então três duplas de dois e um trio de três, prontos para levar alegria e sorrisos para todos do IC!

Na UTI pediátrica encontramos 10 pequeninos guerreiros, a maioria recém nascidos que aproveitavam a tarde de domingo para tirar uma soneca, com exceção do João Paulo que ficou bem acordadinho para ouvir as músicas da galinha pintadinha que cantamos para ele.

Encontramos nove amigos na UTI Cirúrgica e por coincidência também nove irmãos na UTI Coronariana, todos com muita determinação, esperança e fé na recuperação, isso aí pessoal!!! Logo, logo, todos estarão em casa, são e salvos.

A enfermaria estava com efetivo a todo vapor, cinquenta pacientes que fizeram muito esforço para aguentar as nossas palhaçadas, digo, atendimento...

Encontramos em um determinado quarto, neste Domingo, dois Domingos, isso mesmo! O senhor João Domingos e o senhor Domingos Silva, pessoas especiais que tem um dia na semana somente para eles.

Quem sofreu nesta tarde foi o Vagalume  coitado! A danadinha da Ryara tocou horror com suas mágicas, ele quase teve um troço... Eita menina esperta e espoleta, a Mindinha e o Pisca-Pisca estavam juntos e podem comprovar tudo!

Encontramos a Ana Julia a espera de um coraçãozinho, que Deus a abençoe e dê força na sua luta pela vida.

E agora alguns flagrantes deste atendimento, registrado pelo nosso paparazzi o Dr Juquinha, com seu gigantesco pau de Self, importado diretamente da China:

1) O Tchan não escova a Língua;



2) O Vagalume dorme em serviço;


3) As doutoras estão viciadas no Watsapp; e


4) O pau de Self do Juquinha realmente funciona!!!


E assim foi nossa brincadeira desse domingo...

Forte abraço, com luz de Nariz para todos.

VAGALUME.


segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Visita do dia 11.12.2016

Bom diaaaaaa amigos da Rede Globo, digo, amigos do IC-DF. Quem vos fala é o maior bigodudo desse Brasil: Dr Pierre, para narrar mais uma aventura dominical dos palhaços mais lindos e amados desse mundão.

Nesse domingo a animação dos 9 pequeninos da UTI infantil; 7 pacientes da UCO; 9 UTI cirúrgica e 50 pacientes na enfermaria ficou por conta dos doutores: Gravatinha, Sensação, Amora,  Burrito, Bebella, Berinjela,  Fofuxa, Flor, Rapunzel e eu.


Tivemos a honra de conhecer o seu Salomão que apesar de morar em Brasília desde a construção da cidade tem muito orgulho de sua terra natal: Sobral no Ceará. Seu Salomão nos contou que é parente do Renato Aragão, vulgo Didi (dos trapalhões)...chique hein? Perguntamos se ele não podia arrumar uns contatos para que os andarilhos pudessem ter seu próprio programa na televisão, mas não colou! Pelo visto somos só para hospitais mesmo, mas o que vale é tentar, né?

Dona Daguimar, a musa do IC, que parecia estar posando para um quadro renascentista quando chegamos para bater papo. Diz ela que estava esperando colocarem o conversor digital na televisão para ela acompanhar as novelas. Calmaaaa que chega dona Daguimar, enquanto isso, troca de lado da cama para não cansar um braço só, hein? Recomendação do Dr. aqui.

Mandar um beijo para dona Selúcia que estava ansiosa esperando pelos parentes chegarem para visita. Foi a chuva que atrasou tudo dona Selúcia! Mas quando chegou alguém, adivinha quem era: a mamãe dela e o filhão! Viu que a espera vem com uma surpresa maravilhosa? Beijoooo dona Selúcia.

Da porta da UCO eu reconheci onde o seu Carlos estava hospedado, a filha dele estava com uma blusa rosa fluorescente que se bobear da portaria daria para ver. Ficou legal combinando com o verde que o seu Carlos estava usando, uma homenagem a Mangueira, afinal o carnaval já está quase aí de novo não é mesmo?

video
Como não mencionar o seu Ivanildo, pai do BATMAN. Seu Ivanildo é o super homem, guerreiro, conquistou sua Louis Lanne e estão juntos a 39 anos. A nora estava lá também, seria ela Bat Girl ou Super Girl ? Nunca saberemos. Seu Ivanildo, recupera logo que tem muita pimenta dedo de moça plantada na sua horta para o senhor matar toda saudade da comida de casa. Não se preocupe que a Louis garantiu que o pezinho está lá só esperando o senhor.

Mandar um Abraço para dona Maria que estava junto do esposo seu Francisco, que já tinha sido paciente do IC e atendido por nós palhaços a 5 anos atrás. O cabra está 100% até hoje, afinal a garantia do nosso serviço é longa. Apesar de terem nascido no Oiapoque (sim meu povo lá longe HAHAHA) moram em Uberlândia e estão doidinhos para voltar para casa para comer pão de queijo. Segura mais um pouquinho dona Maria, que já já a senhora volta para as Minas Gerais.

José Florêncio e a esposa, o casal simpático e cheio de cultura. Já viajaram para tudo quanto é canto. Compartilharam altas histórias, inclusive gastronômicas. Comentaram que existiam 2 tipos de caviar ( que eu nunca vi, nem comi, só ouço falar): O preto e o Vermelho. Seria o Esturjão um peixe Flameguista? Fica a reflexão...
Um abraço para o seu Anísio que chorou quanto cantamos “tocando em frente”
“Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz 
De ser feliz.
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir, 
É preciso a chuva para florir.”

Falou que vai convidar os Andarilhos para tomar uma cerveja quando for para casa. Seu Anísio, galera aqui só no suquinho natural, ok?

Dona Mariudes, 37 anos e com 11 filhos. O pequetuxo com 4 meses e o mais velho de 21 anos. Eita que no natal tem que fazer amigo oculto, né? Haja grana para presente para galera toda. Mas deve ser bom demais todo mundo reunido em volta a mesa. J

Seu Rivotril, que era só o chamego bem no estilo “é o amoooooooooooooooor” com a esposa. Casal apaixonado é outra história...

O pequenino Davi, fã de um docinho né Davi? E a Estela que não ficou muito animada com o Dr Gravatinha cantando Luan Santana, ela achava que ia ser o próprio Luan. Mas o Dr Gravatinha tem tanto talento quanto o próprio Luan viu Estelinha? beijãoooo

Queria mandar um abraço especial para toda a meninada do IC. Fizemos a festa nos corredores com nariz de palhaço, lápis de cor, pirulito, música e muitas risadas. Renovação e Alegria. Cada um dos Drs está mandando um beijo no coração e muita energia positiva para cada uma. 




That’s all folks
Dr Pierre. 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Visita do dia 04/12/2016



Alô, alô pessoal, tudo bem? Mais um domingo animado com os Andarilhos do Riso levando alegria e bom humor aos queridos pacientes do IC-DF. 
 
Nossa saga começou logo na entrada, quando fomos surpreendidos por uma placa que dizia INTERDITADO.  O Dr. Rapadura logo ficou preocupado achando que não íamos poder seguir adiante com a visita. Massss, como somos palhaços e não desistimos NUNCA, logo achamos um caminho alternativo para chegar até nossos pacientes. Ufa!

Na UTI coronariana encontramos a dona Selúcia, uma simpática mineira que ouviu atentamente a explicação do especialista em patetologia Dr. Rapadura sobre a origem do seu nome. Segundo ele, Selúcia é a forma mineira e abreviada para “vai ser Lúcia”, que foi exatamente o que o pai dela disse na hora de registrá-la e o escrivão, também mineiro, resolveu simplificar e encurtar o nome para “Selúcia”. Além da dona Selúcia, mais 10 pacientes nos receberam com muito carinho na UTI coronariana.

Já na UTI cirúrgica, 7 pacientes aguardavam ansiosos pela nossa visita, inclusive o seu Odilon, que já preparou os fogos de artifício em comemoração à sua nova data de aniversário após a cirurgia.

Na UTI pediátrica, Dr B e a Dra Sensação descobriram que a medida do tempo por lá é feita em ML, e não em horas e minutos. Que loucura né pessoal? 10 pequenos estavam por lá fazendo essa contagem maluca do tempo em ML. Aliás, a Dra Sensação fez outra descoberta interessante nesse domingo. Ela chegou a conclusão de que na verdade o Dr. B é Dra, afinal de contas, ele é “a” berinjela, não é mesmo gente?!

Na enfermaria encontramos o Seu Wilson, mineiro de Unaí que nos convidou para conhecer sua cidade e ele seria nosso guia de todos os bares que ele conhece por lá (bar do Juca, da Maria, do João, do Nonato, da Dalva, do Joaquim, e por aí vai... )
E assim foi nossa tarde com muita diversão e risadas.
Participaram da Visita os Drs. Rapadura, Berinjela, Vagalume e Tchan e as Dras. Sensação, Groselha, Maravilha e Narizinho.

Até a próxima pessoal!
Com carinho
Dra. Narizinho

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Visita do dia 27.11.2016

Mais um domingão no IC e os Doutores mais lindos, inteligentes, engraçados do Brasil (Quiçá do mundo) entram em ação para mais um atendimento.


Começamos nosso domingo com uma denúncia muito séria, seríssima, aliás...
"A SAFRA DE PEQUI DESTE ANO FOI SABOTADA"
É a única justificativa para ter tanto goiano nesse domingo. rsrsrs

Falando em pequi, começamos a nosso domingo lá na UTI Coronariana onde estava o Seu Antônio, um goiano tão viciado, mas tão viciado em pequi que , qualquer coisa que seja de pequi ele manda pra dentro do bucho. Pode ser doce, farofa de pequi, sorvete de pequi, pequi recheado com pequi.

Lá na UTI estava também o dono do dia. É isso mesmo, o dono do dia!!! Não entendeu???  Tô falando do Seu Domingo, aquele que faz parceria com a alegria. Mas gosta de rir esse Seu Domingo. Ah e falar nele sem falar no cabelo dele, é impossível. Nunca vi um cabelo tão milimetricamente arrepiado, e ele jura que não é gel, pomada, nada disso. É natural!!! Chora no recalque a molecada que fica 2 horas em frente ao espelho tentando arrepiar a cabeleira, kkkkk.

E o ponto alto dessa visita foi a extrema sinceridade das crianças do IC.
Primeiro na UTI Pediátrica estava o Nicolas, que conversa vai, conversa vem, falou pro Dr. Pierre e pra Dra. Rapunzel que era um excelente mágico. Os dois espertos já foram logo pedindo coisas. Pierre queria ficar bonito e Pum queria desencalhar. Nicolas respondeu sem pestanejar: Eu faço mágica e não MILAGRES, Drs.!! Kkkkkkk Toma seus distraídos.

A segunda super sinceridade do dia foi do Isaque, de 6 anos, lá da enfermaria. Conversa vai, conversa vem de novo, ele olha para a Dra. Flor e diz: Mas tu é feia hein!!! kkkkkk sabe o que é pior ? Dizem que criança não mente. Deu ruim hein, Flor? rsrsrsrs

E nessa visita o amor estava no ar. Dona Maria já estava a algumas noites sem dormir direito, mas foi só receber a visita do amado que dormiu que nem uma pedra. Ownt, o amor é lindo... A responsável pela fofoca sobre a D. Maria foi a companheira de quarto dela, a D. Florita, que aos risos disse que nunca viu um calmante bom igual a esse, rsrs.

Falando em amor, teve também a ‘‘profecia’’ do amor. D. Joana nos contou que quando era mais jovem, numa bela tarde, passou em frente a uma casa e no portão estava um belo rapaz. Ela olhou e disse: esse vai ser o meu marido!!! E lá se vão 50 anos de casada com o Seu Antônio. Eita que essa D. Joana é boa de profecia e, acertou na mosca.

A outra história de amor da tarde é do Eurípedes casado com a Luzinete há 41 anos. Ela era artesã e vendia suas obras na feira da Torre de TV. Ele era ascensorista do elevador da torre. E toda vez que o elevador chegava ao térreo e abria a porta, ele mostrava língua para ela. O tempo foi passando e eles acabaram se apaixonando ( tô até agora pensando nessa forma criativa de conquista, rsrsrs). Quando Seu Eurípedes foi pedir a mão da D. Luzinete em namoro para o pai dela, o sogrão achou que já era um pedido de casamento e já concedeu a mão, o pé, o braço, a moça toda. Imagine o susto do Seu Eurípedes, foi tentar um namoro e já saiu praticamente casado.

Aí todo mundo naquele clima de amor, respirando romantismo, e de repente vem a D. Analuce com um conselho para a Dra. Xamixuga: Minha filha, não casa não, não casa não, porque nenhum homem presta.  O único que prestava pendurou calça no banheiro e foi embora para sempre. Hein ??????? Dra. Xami tá até agora tentando entender o conselho... kkkk, mas que D. Analuce acabou com o clima romântico da tarde, ahhhh acabou sim.

E para finalizar o dia teve uma história no mínimo curiosa...
Seu Dodinan disse que tinha uma espingarda e um rádio e de repente os dois objetos estragaram. Como ele é muito esperto, nem procurou ninguém, fez ele mesmo os consertos. Mas algo estranho aconteceu, a espingarda começou a tocar música e o rádio a atirar. Xiiiiii, sei não viu, ta parecendo história de pescador. Mas como diz o Paulinho Gogó: quem não tem dinheiro, conta história, kkkkkkk.

E o atendimento desse domingo foi feitos pelos Drs. Gravatinha, Pierre, Pisca-Pisca, Rapadura, Tchan, Flor, Narizinho, Rapunzel ,Xamixuga e euzinha, Groselha.
Foram atendidos 10 pequerruchos na UTI Pediática, 10 bravos guerreiros na Coronariana e 10 na Cirúrgica. Já na Enfermaria foram 58 agradáveis visitas.


Beijos, beijos e até mais !!!


terça-feira, 22 de novembro de 2016

Visita dia 20/11/2016



                  Domingão chegou e como sempre, sem faltar nenhum domingão, os Andarilhos do Riso se encontraram para uma tarde muito divertida.
              
                 Estiveram presentes nesse encontro maravilhoso os doutores Beringela, Vagalume e Burrito e as lindas doutoras Fofuxa, Amora, Narizinho, Sorriso e Siriguela (euzinha).

                 E a alegria começou ainda no corredor da concentração, quando do nada, do nada mesmo, fomos chamadas de palhacinhas lindas”...... é isso mesmo que vocês leram minha gente palhacinhas lindas”.... claro que só estavam presentes as doutoras né.... os marmanjos, digo, doutores, ainda estavam se embelezando... depois dizem que as mulheres que demoram.....kkkkkkk

                 Depois desse elogio, iniciamos com uma bela oração feita pela Dra. Amora. E antes de iniciar nossa caminhada tivemos que esclarecer  uma dúvida gigantesca que nos assolava... trio tem 3 ou 5 elementos..... kkkkkk ..... foi uma confusão só!!!!!

Partimos ao trabalho, ou melhor, a diversão geral!!! Que nesse domingo começou logo com a disputa das mascotes: Filó e Giselda... sim, nossas franguinhas estavam doidinhas para aprontar e se divertir.... e foi o que aconteceu, Filó dançou e cantou até cansar..... mas quem arrasou mesmo foi o “pintinho amarelinho e a galinha pintadinha” .... sucesso absoluto no IC-DF.

             Já na recepção encontramos a D. Maria de Jesus que estava completando mais uma primavera, e se tem aniversário, advinha!!!! tem parabéns..... foi uma festança só, com todos os oitocentos andarilhos e visitante cantando parabéns pra você!!!! Olha, foi uma Festança das boas, com direito a violão, coreografia, gritinhos,palmas e tudo mais!!!!
               Parabéns também para Sr. Moço, que estava fazendo quatro meses de coração novo....                     Agora ele disse que tem duas datas de aniversário e que vai comemorar muito as duas datas..... eita coisa boa, bolo duas vezes....hum....!!!! Não esquece de convidar os andarilhos heim!!!!

               Encontramos também o Sr. Dino, que foi logo avisando que não era Dinossauro... apenas Dino.....kkkkkk engraçadinho, merecia ganhar um nariz de palhaço bem bonito.... E também estava lá o Sr. Domingos, isso mesmo, o “homi” é tão especial que tem um dia só dele.... oh, cabra bão soh....kkkkkk

               E a tarde foi mesmo da criançada, parecia dia das crianças, de tão divertida....

Entre mágica, bolinha de sabão, piadas e muita música com direito a coreografia e tudo mais.... à criançada e os adultos se divertiram muito..... o show ocorreu na brinquedoteca e no corredor da enfermaria, porque os Andarilhos não conseguiam entrar e sair dos quartos, com todas as crianças seguindo.... parecia sombra .... kkkkk...... imagina ir embora, nossa!!!!!   Essa hora foi difícil de tanta bagunça que a criançada aprontou (só a criançada, a gente não) .... kkkk

                Teve até ensaio da turma, mas a música com a coreografia dos dedinhos e a imitação dos animais, foram as ganhadoras da tarde, conforme o medidor de palmas.... palmômetro (invenção dos andarilhos) .... Foi somente nota 10, 10, nota 10....!!!!!
                Ainda teve o Nicolas tentando descobrir o segredo de todas as mágicas.... mas não conseguiu não... ficou todo encucado... Mas os mágicos dos Andarilhos não são iguais ao Mister M não.... ninguém revelou nadinha.........kkkkk

 Sem contar que neste domingão parecíamos celebridades, era um tal de foto aqui, filme aculá.... é minha gente... os Andarilhos foram filmados e fotografados.... vamos cair no mundo, quer dizer, na rede.... isso mesmo... já já estaremos famosos!!!! Aguardem!!!!

E pra nossa alegria.... não... não é aquela música chiclete não.... A nossa amiga e pequena Ana Julia nos contou que quando crescer vai ser doutora palhaça e mágica..... isso mesmo, olha aí os Andarilhos influenciando positivamente a criançada....

E agora os números dessa divertida tarde:

Uti Infantil: 10 lindos príncipes e princesas;
Uti Cirúrgica: 10 pacientes lindos...
Uti Coronariana: 8 pacientes mais lindos ainda....
Enfermaria:  54 pacientes impacientes felizes e saltitantes...

Beijos e até o próximo domingo

Dra. Siriguela

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Treinamento de Doutor

O Dr. Vagalume, integrante do Andarilhos do Riso há 5 anos, participou neste mês, no período de 12 a 14, em São Paulo, do 4º Encontro Nacional de Palhaços que Atuam em Hospital, promovido pelo Grupo Doutores da Alegria. O evento aconteceu no Sport Clube Pinheiros e contou com a participação de 174 Palhaços de Hospital, representando 52 Grupos de 54 Cidades e 12 Estados. UAU!!

Foram três dias de atividades intensas, com 4 mesas de discussão, 12 oficinas e 2 espetáculos promovidos pelo Grupo Doutores da Alegria. Participaram também 12 palestrantes de grupos de palhaços em hospital, que atuam no Brasil e no Mundo.





O evento foi conduzido com muita organização e competência, as refeições eram realizadas dentro do próprio clube o que permitiu uma maior interação entre os diversos grupos participantes.
As discussões nas mesas permitiram trabalhar com muita propriedade os assuntos teóricos que envolvem a arte do Palhaço em Hospital, bem como a troca de experiência de grupos de todo o Brasil.

Nas oficinas, conduzidas pelos integrantes do Grupo Doutores da Alegria, foi possível aperfeiçoar a essência do Palhaço no Hospital, focado na criatividade, alegria e principalmente nas cinco qualidades de um palhaço: Honestidade; Simplicidade; Generosidade; Leveza; e Prazer.  

Agora, já em Brasília, o Dr. Vagalume irá, como multiplicador desses conhecimentos, realizar uma reunião com o nosso amado grupo, Andarilhos do Riso, para repassar para todos os voluntários um pouco da excelente experiência vivida com os Doutores da Alegria e todos os integrantes do evento.

Portanto, aguardem! Porque vamos ficar ainda melhores! J



quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Visita do dia 13.11.2016



Bom dia, boa tarde e boa noite a todos que acompanham os Andarilhos do Riso em suas incríveis jornadas dominicais! Hoje foi dia de muita alegria e diversão com os palhaços mais queridos do IC-DF!!!

Para compor a trupe deste delicioso e chuvoso domingo estavam presentes: Dra. Flor, Dr. Gravatinha, Dra. Groselha, Dr. Pierre, Dr. Pisca-Pisca, Dr. Rapadura, Dr. Berinjela, Dra. Sorriso e Dr. Tchan.
Após uma linda oração feita pelo Dr. Berinjela subimos, ao encontro dos queridos (im)pacientes, pontualmente às 15:08 horas!

  
Logo no início de nossa andança, encontramo-nos com o Sr. Aparecido e seu “Bem” Dona Eunice que o acompanhava cheia de zelo. Num bate-papo gostoso com este casal de talentosos artesãos, ficamos sabendo um pouquinho de suas histórias de vidas: como ambos, após a viuvez, se conheceram, recomeçaram a vida e voltaram a amar. Um não para de enaltecer as qualidades do outro!! Uma lindeza de amor!! Sr. Aparecido, sensibilizado, também compartilha conosco seus planos e sonhos para quando receber alta do hospital e voltar para casa. Isso mesmo, Sr. Aparecido, jamais deixe de sonhar!!!

Mais adiante encontramos Cleonice, numa alegria só com seu novo coração. Cleonice contou que está IMpaciente para voltar para casa e retomar sua rotina. Mas o maridão está com outras preocupações (?????) ... ... ... Ele mesmo esclarece que Cleonice recebeu o coração de um doador do sexo masculino e mais jovem: será que a esposa ficará mais agitada? Será que seu temperamento mudará? Será que ela ficará mais mandona? Vixê!!! Isso só o tempo dirá!! KKKKKKKK

Também conhecemos Sr. João, pura simpatia, energia e sabedoria. Ao ser questionado sobre sua disposição, respondeu que o planeta está cheio de preguiçosos e que a responsabilidade disto é a internet que mantém as pessoas paradas, sentadas apenas teclando. (Pensando bem... faz sentido!!!) Sr. João, conversador que só, relembrou suas empreitadas na vida como agricultor e depois “pioneiro” em Brasília, num tempo onde a cidade era um grande vazio. Sr. João nos emocionou ao revelar um sonho: aprender a assinar seu nome!!!

E a andança continua. Conhecemos Leonardo mineiro/goiano apreciador de pequi e outras iguarias. Outro sonhador! Está ansioso em voltar para casa e desfrutar de uma generosa e suculenta refeição com a família.

Também houve muita cantoria. Uma em especial para a linda Ana Julya (e sua bonequinha) que ficou cabreira quando acrescentamos o nome dela na letra da música. Ficou assim:

Fui ao mercado comprar café
Veio a Ana Julya e picou o meu pé
Eu sacudi, sacudi, sacudi
Mas a Ana Julya não parava de subir”...

No meio de tantas brincadeiras surgem situações digamos assim... um tanto quanto...“inesperadas”! Mas não menos divertidas:

·         Sr. Pedro deixou o Dr. Pierre sem graça quando o “pegou” na nossa velha-piadinha-de-guerra do Diabético/Anápolis.
·         Carlos, também pregou uma “peça” daquelas no Dr. Pisca-Pisca e nesta doutora que vos escreve: ficou deitadinho... quietinho... caladinho... durante toda a visita. Quando nos despedimos e já estávamos saindo do quarto ele nos chama e fala sério: “- Como eu sabia que vocês viriam hoje, passei toda a manhã cuspindo no porta álcool gel para recebê-los!!”
Inacreditável, né!?!?!?! É claro que Carlos foi convidado para participar do grupo!!
·         E a D. Maria, que afirmou categoricamente que o Dr. Tchan se parece com o Wesley Safadão na aparência e também no jeitão!! O que será que ela quis dizer com isso?!?!?!
·         Sobrou também para o Dr. Gravatinha: Sr. O’Downer (Desculpe, mas não temos certeza se é assim mesmo que se escreve o nome) sugeriu que se o Dr. parasse de fazer palhaçadas poderia ficar mais inteligente e, consequentemente, realizar com sucesso a leitura de nomes  difíceis. Bom, fica a dica para reflexão!
·         E para finalizar, o Sr. Sh... (Vixe! Outro nome difícil!!Rsrsrs...) ao ser indagado sobre sua preferência musical não hesitou e pediu para os doutores cantarem qualquer coisa para terminarem logo e saírem do quarto. Foi prontamente atendido! Afinal nosso objetivo é satisfazer o cliente!

E assim terminamos mais uma tarde onde 10 amiguinhos na UTI pediátrica,  07 na UTI Cirúrgica, 09 na UTI Coronariana e 52 na Enfermaria (totalizando 78 atendimentos) se renderam à alegria e, mais uma vez, nos deram valorosas lições. Diante de tantos exemplos bonitos, sonhos anunciados e esperanças compartilhadas, lembrei-me de uma música que compartilho com vocês um trecho:

“Viver e não ter a vergonha de ser feliz.
Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz.
Eu sei que a vida devia ser bem melhor e será.
Mas isso não impede que eu repita é bonita, é bonita e é bonita.”

(O que é? O que é?- Gonzaguinha)

Parabéns a todos os Doutores e Doutoras! Obrigada aos amigos PAcientes e  IMpacientes por nos receberem!



Domingo que vem tem mais!!

Beijinhos!!                                                    


Dra. Flor. 





terça-feira, 8 de novembro de 2016

Visita dia 05/11/2016

 

Alô, alô, moçada! Tudo bem? Tudo beeeeeeim! Mais um domingo mas esse não é um domingo qualquer, é o domingo de aniversário dos Andarilhos do Riso. Sim, amigos, uma década levando SORRISOS aos nossos queridos pacientes. Subimos em ritmo de aniversário cantando e rodando em ritmo de festa que balança o coração. 
 
Na UTI Cirúrgica encontramos o Seu Joaquim, cabra goiano comedor e fazedor de pamonha. Tem de sal, de doce, tem pro moção e pra mocinha, tem até pros bambus, como a Dra Sorriso, que só come e não engorda! 

Logo depois conhecemos a Dona Analuce, paraibana arretada, que gosta de Praia mas acha que chique mesmo é ir pra piscina, tem muita onda na praia, aí não dá mesmo! 

Na UTI Pediatrica distribuíram sonífero para as crianças, pareciam anjinhos quietinhos. 

Na enfermaria encontramos a Dona Rosibete, que de cara já se apaixonou pela Dra Sensa e pela Dra Sorriso, era linda pra lá, linda pra cá, disse que a gente já mora no coração dela, e melhor, sem pagar aluguel. Estou acabando de encaixotar as coisas pra me mudar de vez pra lá! 

Encontramos também o Seu Firmino, que só queria ficar andando pelo corredor soltando muitos puns. Pedimos a ele pra fazer a sonoplastia dos fogos de artifício em comemoração aos 10 anos de Andarilhos do Riso. É claro que ele topou! 

Na enfermaria encontramos também o Yuri, um garotinho muito esperto, que engabelou fácil fácil o Dr. Vagalume, quando ele foi ver, tinham 5 pirulitos a menos no bolso, sem contar as mágicas, que todas o Yuri desvendou o mistério. Colocou o Dr. Vagalume no bolso hehe!

Essa foi nossa visita de aniversário dos Andarilhos do Riso. Foram atendidos 7 pacientes da UTI Cirúrgica, 9 na Pediátrica, 10 na Coronariana e 56 na enfermaria. 

Estiveram presentes os Doutores: Vagalume, Sensação, Siri, Batatinha, Maravilha e eu, Dra. Sorriso. 

Até domingo que vem, pessoal! 

Dra. Sorriso


domingo, 6 de novembro de 2016

Andarilhos do Riso - 10 anos!!!



Parabéns, para você!
Nesta data querida!
Muitas felicidades!
Muitos anos de vida!
Eeeeeeee viva os Andarilhoooooooos!!!
São 10 anos minha gente! 10 anos de muita alegria e vibrações positivas, primeiro nos corredores do antigo Incor-DF, em seguida e até hoje nos corredores do  IC-DF. E hoje a gente está aqui para agradecer a todos.
Primeiro ao dr. Gravatinha. O brilhante doutor que descobriu em pesquisas que sorrir é o melhor remédio. Descobriu que levar a vida menos a sério, faz com que ela fique mais leve. Obrigada, Dr. por criar um grupo tão belo, tão puro, tão tão. Você é o cara!
 Segundo a todos os voluntários que já passaram pelo grupo. Foram várias pessoas dispostas a doar um pouquinho do seu tempo e da sua alegria. Parabéns, vocês são feras! 
Terceiro, ao grupo de voluntários da ativa. São vocês que mantém o grupo vivo. Graças a dedicação de cada um de vocês, o grupo continua radiante. Sem falhar um domingozinho! Parabéns e muito obrigada. Vocês são nossos guerreiros!
Quarto, a todos os funcionários do IC-DF que já passaram por nossas vidas. Que fazem os nossos domingos mais felizes. Que se dedicam a cuidar de vidas. Cara, vocês são demais!
E quinto e não menos importante (aliás, os mais importantes, o motivo do trabalho!). Aos nossos pacientes impacientes do IC-DF. É muito gratificante para todos nós ver cada sorriso amigo. Esses sorrisos são como combustível para cada palhaço, quer dizer, doutor palhaço, do Andarilhos do riso.
 E é nessa vibe de agradecimentos que iremos comemorar o nosso dia.
São 10 anos de muita dedicação. E que esse grupo possa continuar a brilhar por mais 10, 100, 1000, infinitos anos.
PARABÉNS ANDARILHOS!!!!!




quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Visita do dia 30.10.2016

Bom dia, boa tarde ou boa noite, kkkkk! Dependendo do horário que você for ler.
Hoje, dia 30/10/2016, realizamos mais um atendimento dos nossos pacientes, impacientes.

E lá fomos nós, com o nosso caminhar tão belo quanto modelos em uma passarela.


Estiveram presente o senhor Dr.Gravatinha, Dr. Coalhada, a senhora Dra. Flor, Dra. Xamixuga, Dra. Rapunzel, Dra Fofuxa e Dra.Narizinho.


E os retardatários Dr. Rapadura e Dra. Goró.


Hoje foi um dia atípico. Fizemos vários atendimentos, inclusive pacientes de várias nacionalidades.
E é com este ar bilíngue que iniciamos as nossas visitas, com hospede de Brasilia, Anapolis e IRÃ. Irã? Sim, atendemos a bela e sorridente Fatemeh  uma iraniana bem legal. No começo eu pensei que ela não falava português, mas vocês acreditam que ela estava brincando com a gente? A mãe dela era só alegria, filmava e tirava foto. Fui inventar de dar um vai e vem de presente para ela e como explicar o quê é um “vai e Vem”??? Outra dificuldade foi explicar a  piada de Anápolis e diabética, Mas tudo acabou bem. 



Sr Augustinho e Sr. Divino chegaram a conclusão que a” Vera Verão” tinha a doença do Michael Jackson, só que ao contrário....
Explica isso Gravatinha! Kkkkkk.
Na UTI pediátrica, tínhamos 10 pimpolhos, na UTI coronariana 08 e na UTI cirúrgica 9, alguns dormindo e outros bem acordados. O interessante é que  um desses pimpolho estava chorando muito, quando começamos a tocar e cantar o rapazinho ficou observando tudo.
Depois desta fiquei de boca torta,kkkk.


Na Enfermaria estava um tumulto danado,  58 clientes bem animados. Tinha um menino loirinho que acompanhava os doutores quarto por quarto, mesmo falando que ele não podia entrar em outros quartos e ele ficava na porta observando. E foi assim mais um dia de muita alegria.

Obrigado a todos.

Dr Coalhada