• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Visita do dia 10.08.2014


  Não é porque ele é meu pai, que eu o exalto tanto assim
          É que pela minha idade, esse anjo de bondade, ainda cuida bem de mim
          Me  aconselha a todo instante, me dá carinho dá amor
          Ele é um raro diamante, de indiscutível valor... 
 
 
Foi nesse clima festivo de Dia dos Pais que fizemos o nosso atendimento.
 
E pra iniciar maravilhosamente (e no clima rsrsrs) não poderíamos deixar de fazer a bela oração do PAI NOSSO.
 
Na enfermaria, logo no primeiro quarto encontramos a D. Cláudia que estava recebendo a visita do marido, um viciado num churrasco bem gordo, daqueles de engraxar o bigodão (e olha que o bigode dele era grande, rsrsrs). Mas olha o coração homem, é gordura demais pro coitadinho.
 
Depois encontramos o Marcos Antônio e ao comentarmos que está na moda a cirurgia de troca de sexo, ele disse que estava na dúvida se queria fazer ou não. Pra completar confessou-nos que contra a sua vontade o seu apelido era Duda, ou seja, com o nome feminino ele já tava bem acostumado, coitadinho  kkkkkkk.
 
O companheiro de quarto do Marcos era o Seu Adão, um senhorzinho  super risonho de 73 anos. Ele é mineirinho de Unaí e era especialista na agricultura e na criatura porque só filho teve 10. Esse gostou de ser pai e imagina se num fosse um minerim quietim, era menino a perder de vista, he he he.
Em outro quarto tava o Seu Osvaldo e ao perguntarmos se ele era pai, disse que não, depois disse que sim, depois não de novo. Trocou tanto de resposta que até agora não sei se é ou se não é.
No quarto seguinte tinham 2 camas e 3 pacientes. Ué a matemática não bateu !!! Aí descobrimos que a 3 integrante era D. Marlúcia que saiu lá do quarto dela pra botar a fofoca em dia com a D. Maria e a D. Izabel. Com 3 mulheres reunidas o que não faltou foi assunto pra fofoca...
 
Mais adiante visitamos o Seu Wilson, que é merecedor de uma nariz vermelho e participar do grupo. Ele tirou onda com a cara do Dr Rapadura até não poder mais, kkkkkk. O Rapa disse :  Só viemos dá um OI. Aí seu Wilson manda: O direito ou o esquerdo ? O rapa com cara de besta: Hein ? Seu Wilson:  OI direito ou o OI esquerdo que você vai me dar. Kkkkk Só então descobrimos que ele também era minerim uai. Depois ele perguntou se o Rapadura era pai, ao ouvir que não ele diz: Xiiiii mas ocê tá muito veio, num vai ter filho mais não. O Rapa todo triste diz: mas não sou tão velho assim. Seu Wilson: Cê num vai ter filho não seu bocó, quem vai é a muié. Kkkkkkkkk a piada é mais velha que andar pra frente, mas o engraçado foi a cara de besta do Rapa. Mudamos o assunto para Copa do Mundo e o Seu Wilson nos contou um novo apelido do Fred da seleção, ele nem FRED nem CHEIRA. KKKKK rachamos de rir.
Atendemos também a Dona Edme, uma senhora toda trabalhada na elegância. Só depois descobrimos que as 3 visitas dela eram na verdade a mãe, a filha e a irmã que foram lá especialmente dá um trato no visual dela. Tá explicado porque tava toda bonitona.
 
O fotógrafo achou que o Dr. Rapadura não estava muito fotogênico e resolveu dar um jeito na situação!
E pra finalizar encontramos o Vitor de 11 anos outro minerim de Unaí, e descobrimos que ele é o CDF da sala e que além de super inteligente, ele também é muito querido pelos amigos. Só dos colegas da escola ele recebeu 43 cartas. É amor demais da conta sô.
 
Bom, e assim foi nosso atendimento com 47 pacientes na enfermaria, 6 na UTI coronariana, 6 na UTI cirúrgica e 9 lindos pimpolhos na UTI pediátrica.
 
Estiveram presentes os Drs  Rapadura, Venâncio, Fiote, as Dras Bacon, Serenata, Tamps e a que vos fala, Groselha. Goró para os mais íntimos, rsrsrsrs. Bjs!!!