• Título


    Tudo que aconteceu em nossas visitas dominicais











  • Título


    Um dedo de prosa sobre nossa história











  • Título


    Galeria dos Doutores mais bonitos do Brasil











  • Título


    Divulgação, contato e apoio







quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Visita do dia 30.09.2012

Booooa tarde, quase noite, não é mesmo?




Como todo domingo, domingão passado foi dia de visita à colônia de férias mais animada do Brasil - o ICDF.

A coisa foi tão animada e empolgante que deixou os doutores todos com crise de amnésia, que parece que atingiu o sr. relator, e por isso o relatório está saindo só agora.
Bateram o ponto: Dr Gravatinha, Dra Siriguela, Dra Mussarela, Dra Fofuxa (eu, linda e bela), Dr Vagalume, Dra Morango (camuflada de Dra Fadinha), Dra Serenata, Dra Tutti-Frutti (voltando de novo novamente), e os Doutores Estagiários-Ainda-Sem-Nome 1, 2 e 3 (são trigêmulos).




A tarde começou com o espetacular show de malabares do Dr Estagiário, que faz malabarismo com até NENHUMA bolinha! Isso é tão difícil, que recomendamos que você não tente fazer em casa. São meses de treinamento árduo até aprender.


Depois invadimos a enfermaria, em "triplas", onde espalhamos muita animação. Conhecemos a Sra Edir, que  foi casada mas nunca conviveu com o marido. Ela adorou passar bons minutos conversando com a gente, e nós, é claro, adoramos também ouvir suas histórias.




Conhecemos duas maranhenses que nos deram show de vocabulário local... Como a visita deu chá de amnésia em todos nós, só lembro de alguns: Jussara (que é açaí), Atá (que para mim era gíria de mineiro para dizer "eu entendi agora", mas descobrimos que é fruta típica da região)...


A Dra Mussarela também deu show de cultura, explicando que mandioca não é mandioca. Só é mandioca a mandioca que faz farinha de mandioca. A outra que a gente come cozida é outra coisa, que não mandioca. Deu pra entender? :)


Daí os Doutores Gravata, Morango e Estagiário foram para as UTIs, onde certamente conheceram pessoas e histórias fantásticas, e deixaram muita alegria. O Gravata cantou tooooodo o repertório de sertanejos que ele tem no paplet (como é, Gravata? Missol-Dorré?), e toooodas as enfermeiras também (como sempre).




Os números hoje estão que nem pesquisa de intenção de votos:

Na enfermaria - 34 pacientes, com uma margem de erro de dois pra mais e dois pra menos;
Na UTI Coronariana - 8, talvez 7, ou 7,5.
Na UTI Infantil - entre 7 e 9.
Na UTI Cirúrgica - apostas em 8, que é o número da sorte :)

(Dados estimados devido à amnésia repentina e ao desconhecimento das fontes).





Bom, galerinha, foi isso!

Relatório improvisado por Dra Fofuxa